Certificação Correspondente Transacional

INSCREVA-SE JÁ!

noticias

Auditoria: TRE-TO mantém certificação de excelência nos serviços

Os eleitores tocantinenses continuam tendo a garantia da excelência dos serviços prestados pela Justiça Eleitoral do Tocantins, após dois dias de auditoria externa para validação da certificação ISO 9001, o Tribunal mantém a eficácia do Sistema de Gestão da Qualidade. A auditoria aconteceu nesta terça e quarta-feira (08 e 09/11) e foi realizada pelo Instituto Totum.

Anualmente o TRE-TO passa por verificações de auditores externos contratados por meio de empresas especializadas para aferir os mecanismos adotados para a certificação ISO 9001. Essas auditorias acontecem desde o ano de 2005.

Para a presidente do TRE-TO, desembargadora Ângela Prudente, o Tribunal se orgulha das suas certificações, “para nós é uma prioridade continuar mantendo a qualidade e eficácia dos serviços, melhorando continuamente os nossos processos a cada ciclo, sempre na busca da excelência. E, neste sentido, as auditorias são importantes ferramentas de gestão para monitorar e verificar a eficácia da implementação da política de qualidade", afirma a desembargadora.

Foram auditados os seguintes processos:  planejamento estratégico, qualidade, cadastro de eleitores, inspeção, votação paralela, comunicação, gestão de pessoas, planejamento das eleições, cadastro de eleitores, votação, apuração, diplomação e trâmite processual judicial, gestão de urnas, prestação de contas, logística para Zonas Eleitorais, orçamento das eleições, gestão de bens e serviços e infraestrutura  tecnológica.

Durante a auditoria foram avaliados itens como controle de documentos, controle de registro, comunicação com os clientes (eleitores, partidos políticos e advogados), politica de qualidade, entre outros.

O diretor-geral do TRE-TO, Flavio Leali, acredita que o olhar “externo” de um auditor proporciona apontamentos que serão muito importantes. “Sei que estamos no caminho certo e reforçamos ainda mais o compromisso da gestão com qualidade”, ressaltou.

A auditora líder do Instituto Totum, Cristina Martins, fez alguns apontamentos e pequenos ajustes necessários, no entanto explicou que não há nenhuma não conformidade com a norma ISO, e ressaltou alguns os pontos fortes da instituição. “Fiquei muito impressionada com os processos de inspeção da votação paralela realizados de forma consistente, caracterizando forte compromisso de confiança e segurança para o eleitor, bem como as ferramentas tecnológicas, como o PADlog que monitora o planejamento das eleições e as instalações físicas da central de urnas.  Além disso, o processo de comunicação está adequadamente planejado, consistente e com foco na contribuição com o sistema de gestão da qualidade”, concluiu a auditora.

A assessora de pesquisa estratégica e gestão da qualidade do TRE-TO, Silvia Helena dos Santos, agradeceu o comprometimento de todos. “É a primeira vez em 11 anos que não temos nenhuma não conformidade com a norma, e o engajamento de todos os servidores foi fundamental”, comemorou.

 

FONTE: TRE-TO
Data: 09/11/2016

Utilizamos cookies para que você tenha uma boa experiência em nosso site. Saiba mais.

  Eu aceito cookies de www.institutototum.com.br.